Televisão Prestes a estrear “As Aventuras de Poliana”, Íris Abravanel já desenvolve nova novela para o SBT.

Íris Abravanel terá no mínimo dois anos de trabalho pela frente, graças à extensa duração prevista para “As Aventuras de Poliana”, próxima empreitada infanto-juvenil da autora e sua equipe, com estreia prevista para maio em substituição a “Carinha de Anjo”. Mas a estiva não parece amedrontar a esposa de Silvio Santos, principal nome do departamento de teledramaturgia da casa. Segundo a jornalista Patrícia Kogut, Íris já trabalha em um novo projeto para a faixa. Ainda não se tem detalhes a respeito, mas a estreia está prevista para 2020. Resta saber como fica Leonor Corrêa, que esteve à frente de “Carinha” e que hoje responde pela supervisão da série “Z4”, coprodução com a Formata, centrada numa boy band, com lançamento agendado para julho.

Íris Abravanel estreou como autora em 2008, com “Revelação”. A investida se deu diante da dificuldade de Silvio Santos de encontrar autores para a teledramaturgia do canal, então relegada à adaptação de textos mexicanos. Após a sinopse original, Íris se dedicou a uma radionovela de Janete Clair, “Vende-se um Véu de Noiva” (2009). Três anos depois, tocou a “xicana” “Corações Feridos”. Com “Carrossel” (2012), o SBT descobriu um nicho de êxito tanto em audiência, quanto em licenciamentos. Desde então, Abravanel manteve-se no ar por quatro anos consecutivos, emendando a primeira produção infanto-juvenil com “Chiquititas” (2013) e “Cúmplices de um Resgate” (2015). E, ao que tudo indica, o domínio sobre o horário das 20h30 tende a se repetir.
0