Editoria de Esporte / Hamilton é o mais rápido no primeiro treino livre para o GP da China.

Disposto a não deixar o alemão Sebastian Vettel, da Ferrari, abrir vantagem no Mundial de Pilotos logo no início da temporada, o inglês Lewis Hamilton começou bem as atividades na pista para o GP da China de Fórmula 1. Na manhã desta sexta-feira (noite de quinta no Brasil), o tetracampeão mundial foi o mais rápido com sua Mercedes na primeira sessão de treinos livres para a terceira etapa do campeonato. E liderou com folga. Pensando em um bom desempenho na corrida deste domingo em Xangai - é o recordista de vitórias na China com cinco até agora -, Lewis Hamilton completou 22 voltas nesta primeira sessão e conseguiu o melhor tempo com 1min33s999. Ficou bem à frente do finlandês Kimi Raikkonen, da Ferrari, o segundo colocado com 1min34s358. O piloto da escuderia italiana se intrometeu entre as Mercedes, pois o compatriota Valtteri Bottas terminou em terceiro com 1min34s457. Quem decepcionou foi Sebastian Vettel, o líder da temporada. O piloto da Ferrari foi apenas o sexto colocado com o tempo de 1min34s861, que ficou atrás dos dois carros da Red Bull. O australiano Daniel Ricciardo conseguiu a quarta posição (1min34s537) e o holandês Max Verstappen obteve o quinto lugar (1min34s668).

Tirando as três melhores equipes da Fórmula 1, a Haas se deu bem nesta primeira sessão de treinos livres ao conseguir a sétima e a nona colocações com o dinamarquês Kevin Magnussen e o francês Romain Grosjean, respectivamente. Entre eles apareceu a Renault do espanhol Carlos Sainz Jr. O alemão Nico Hülkenberg, também da escuderia francesa, fechou a lista dos 10 primeiros, terminando logo à frente do francês Pierre Gasly, da Toro Rosso, e do espanhol Fernando Alonso, da McLaren. Na tabela de classificação entre os pilotos, Sebastian Vettel tem 50 pontos das duas vitórias do início da temporada - Austrália e Bahrein - e já abriu 17 de vantagem para Lewis Hamilton. Valtteri Bottas é o terceiro com 22 pontos.





0