Bonner começa JN respondendo críticas de Gilmar Mendes.

O jornalista William Bonner começou o Jornal Nacional desta quarta-feira (04) respondendo aos comentários feitos pelo ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF). Ao proferir o voto no julgamento sobre o habeas corpus pedido pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o ministro citou o que chamou de "mídia opressora" e usou como exemplo o jornal exibido pela Rede Globo. “Se fez ontem um festival no Jornal Nacional querendo mostrar minha incoerência, eu não tenho incoerência, senão responsabilidade institucional com o país”, disse Gilmar Mendes.

Para responder, Bonner justificou que “Gilmar Mendes reclamou do Jornal Nacional. O ministro entendeu que o JN quis provar a incoerência dele. Não foi esse o propósito do Jornal Nacional, o que se fez aqui foi apenas jornalismo”.
0