Rihanna e Macron promovem educação infantil em viagem à África.

Rihanna e Macron durante encontro em julho de 2017 O presidente Emmanuel Macron vai se encontrar com a estrela da música Rihanna nesta semana no Senegal, para dar impulso à educação infantil. Como a África é um dos maiores destaque, sua política exterior -- esta será sua sexta viagem ao continente desde que foi eleito em maio de 2017 --, o presidente de 40 anos pegará uma carona na fama de Rihanna para pressionar por mais dinheiro para a educação de meninas e para divulgar sua mensagem sobre o clima, a imigração e a luta contra o terrorismo. Não será a primeira vez que Rihanna ajuda em um empreendimento francês. O CEO da LVMH e o homem mais rico da França, Bernard Arnault, trabalhou com Rihanna em campanhas publicitárias e em uma coleção de óculos de sol para a Christian Dior Couture. Ela também deu impulso a um rival, o grupo de luxo francês Kering, apoiando a Puma, a marca alemã de roupa esportiva, ajudando em sua recuperação. O cineasta Luc Besson deu a ela um papel importante no extravagante filme de ficção científica "Valerian e a Cidade dos Mil Planetas" -- a produção francesa mais cara da história. No entanto, uma pergunta a um assessor de Macron na segunda-feira (29) sobre a parte da viagem de dois dias ao Senegal que o presidente compartilhará com Rihanna foi respondida com desdém. "Fico feliz por falarmos do fundamental", disse o assessor, que não pode ser identificado devido à política do Palácio do Eliseu, durante uma reunião organizada antes da viagem de Macron para participar da conferência Global Partnership for Education.
0