ONU condena perdão do Ex.presidente do Peru a Alberto Fujimori.

ONU condena perdão do presidente do Peru a Alberto Fujimori
perdão concedido pelo presidente do Peru, Pedro Pablo Kuczynski, ao ex-líder do país Alberto Fujimori foi condenado pela Organização das Nações Unidas (ONU).  Em comunicado, o representante da instituição na América do Sul, Amerigo Incalcaterra, lembrou que a condenação a Fujimori representou um marco histórico ao Peru e à região latino-americana na luta contra a impunidade por graves crimes contra os direitos humanos. A concessão de indultos, prossegue, é uma prerrogativa que exige análise rigorosa de cada caso. "As decisões das autoridades devem sempre respeitar a obrigação do Estado de investigar, processar e punir as violações dos direitos humanos, evitando qualquer situação que possa levar à impunidade", diz o documento. Fujimori cumpria pena de 25 anos de prisão por crimes de corrupção e contra direitos humanos. Oficialmente, teve a pena cancelada para que não morresse no hospital. Há a tese, porém, de que o indulto ocorreu em troca de ajuda ao presidente contra um pedido de impeachment agora derrotado no Congresso.
0