Ivan Lins relembra sua quase parceria com Michael Jackson em papo com Lilia Klabin.

Um dos músicos brasileiros de maior sucesso no mundo, Ivan Lins já compôs mais de 500 canções durante toda a sua carreira. No meio delas, uma chamou a atenção de ninguém menos que o eterno rei do pop, Michael Jackson: “Novo Tempo”. A música foi lançada em 1980, e segundo ele, foi escolhida por Michael e seu produtor, Quincy Jones, para fazer parte do álbum “Thriller”, sexto trabalho em estúdio do artista em carreira solo, lançado em 1982.Só não deu certo porque, de acordo com Ivan, o contrato de direitos autorais proposto pelo produtor era leonino. “Era muito abusivo. Coisa de 90% para eles, 10% para mim. Não tinha como aceitar. Tentamos negociar, mas daí baixaram para 80% e 20%. Ainda baixo demais”, contou durante entrevista a Lilia Klabin, para o quadro musical “Passatempo”, do Programa Amaury Jr. A negociação demorou tanto que o álbum foi lançado antes que fechassem negócio. “Tivemos que contratar um advogado, gastamos uma grana. Brigamos oito meses e não deu tempo da música entrar.” Rod Temperton, que foi quem escreveu a maioria das letras do álbum, chegou a traduzir a canção para uma versão em inglês, “mas não sei onde está essa versão”, diz. “Se soubesse, até gravaria.”O músico, porém, não lamenta: “Isso é só uma história. Acho engraçado. Veja, se a música tivesse entrado para o álbum, eu não estaria aqui. Estaria certamente nas Ilhas Fiji, em Bora Bora. Estaria no bem bom. Deus escreve certo por linhas tortas.”
0