Mulher de Ellen DeGeneres acusa Steven Segal de assédio sexual.

A apresentadora fez questão de elogiar a coragem de Portia de Rossi /  Na onda de denúncias de assédio sexual que se têm revelado na indústria de entretenimento, também Portia De Rossi, mulher da apresentadora Ellen DeGeneres, revelou um episódio que seu deu com ela e Steven Seagal. Portia, de 44 anos, e que sempre assumiu a sua homossexualidade, afirmou em seu Twitter um caso do gênero com Steven Segal. “O meu teste final para um filme do Steven Segal aconteceu no escritório 
Mulher de Ellen DeGeneres acusa Steven Segal de assédio sexual
dele. Ele me disse que era muito importante haver química na tela e enquanto disse isso abriu o fecho das calças dele. Corri e chamei a minha agente. Sem ter ficado assustada, ela respondeu: ‘Bem, não sabia que ele fazia o teu gênero’”, descreveu. Após ter denunciado este comportamento, DeGeneres desde logo veio a elogiar a esposa, referindo o quão orgulhosa estava dela. De recordar que o ator já tinha sido acusado de assédio por uma jornalista.
0