Familiares de Tim Maia são ameaçados e pedem sigilo em processo contra o Corinthians.

A Fiel parece que não gostou da família de Tim Maia processar o Corinthians. Alguns familiares revelaram que estão sofrendo ameaças de torcedores, em particular dessa organizada, após entrar na Justiça por uso da música "Não quero dinheiro”. A gravadora Warner Chappell e a família de Tim Maia questionam o uso da música "Não Quero Dinheiro, Eu Só Quero Amar" para fins comerciais. O sucesso na voz do cantor ganhou nova versão pela torcida do Timão. Detentores dos direitos da canção, a gravadora e o espólio de Tim Maia pedem R$ 4 milhões de indenização por danos morais e patrimoniais.
Familiares de Tim Maia são ameaçados e pedem sigilo em processo contra o Corinthians (Foto: Divulgação)
A gravadora e a família do cantor acusam o Corinthians de "produzir campanha publicitária utilizando-se, sem autorização, da obra musical, e, ainda mais grave, com alteração de sua letra”. "O Réu [Corinthians] utilizou-se da obra musical 'Não Quero Dinheiro, Eu Só Quero Amar', sem a imprescindível autorização dos Autores, com veiculação em seu site e na televisão aberta (no vídeo há o símbolo da TV Globo) tanto do vídeo publicitário como das camisetas utilizadas por seus jogadores, com o trecho alterado da letra da obra artística, lucrando direta e indiretamente com a contrafação cometida", diz trecho do processo.
0