Com direito a recorde de pista, Hamilton começa na frente em Interlagos.

Lewis Hamilton já é campeão do mundo por antecipação, mas nem por isso aliviou o pé na primeira sessão de treinos livres para o GP do Brasil. O inglês bateu o recorde do circuito, que deve cair ainda mais ao longo do final de semana, e superou o companheiro Valtteri Bottas por 127 milésimos, em um treino dominado pela Mercedes. 
Com direito a recorde de pista, Hamilton começa na frente em Interlagos (Foto: Reprodução)
Hamilton chegou a sair da pista e reclamou de Nico Hulkenberg, que fez uma ultrapassagem por dentro na Junção e não deu espaço para o inglês. "Isso foi desnecessário e perigoso, pessoal", disse o tetracampeão do mundo, que foi seis décimos mais rápido que o tempo que Rubens Barrichello marcou na classificação de 2004. Kimi Raikkonen foi o terceiro colocado com a Ferrari, em um treino no qual seu companheiro, Sebastian Vettel, ficou apenas em sexto. O alemão chegou a rodar e sair da pista, admitindo que estava forçando demais. Prometendo também estarem bem no circuito de Interlagos, as Red Bull de Max Verstappen e Daniel Ricciardo se colocaram entre os carros da Ferrari. Fazendo seu último GP do Brasil, Felipe Massa começou bem o final de semana, com o sétimo lugar. Mesmo com o campeonato de pilotos e construtores decididos, a Williams ainda está na luta pelo quinto lugar no Mundial de Construtores com a Toro Rosso e a Renault, algo importante pois garante maior aporte financeiro para a próxima temporada.
0