Cláudia Leitte é condenada a pagar R$ 382 mil a ex-guitarrista.

A cantora Cláudia Leitte e a Ciel Empreendimentos, produtora responsável pela carreira da artista, foram condenadas a ter que pagar direitos trabalhistas a um ex-guitarrista de sua banda. O montante é de R$ 382.668,71, segundo a última ordem judicial.
Cláudia Leitte é condenada a pagar R$ 382 mil a ex-guitarrista (Foto: Reprodução)
O músico trabalhou para a cantora entre 15 de agosto de 2009 a 15 de março de 2014. Ele participava de uma média de onze shows por mês, recebendo, por cada um deles, R$ 800 (2010 / 2011), R$ 1 mil (2012 / 2013), R$ 1,2 mil (2014); esses valores eram triplicados no carnaval. Segundo a cantora, que recorreu da decisão, o músico não tinha contrato de exclusividade, apenas prestava serviço como guitarrista. Porém, no dia 18 de abril deste ano, o juiz Adriano Bezerra Costa, da 1ª Vara do Trabalho de Salvador, reconheceu o vínculo trabalhista do músico com Cláudia, a partir de depoimentos de testemunhas. Após a decisão judicial, a produtora terá que fazer o registro de emprego na carteira de trabalho, e pagar férias, 13º salário, multa de 40% no FGTS e seguro desemprego.
0