Câmara Municipal de Vereadores de Porto Alegre.

Vereadores de Porto Alegre,vão enviar material sobre assédio moral na Carris ao MPT /A Comissão de Defesa do Consumidor e Direitos Humanos (Cedecondh) da Câmara Municipal de Porto Alegre encaminhará, nos próximos dias, para a promotoria do Ministério Público do Trabalho (MPT) da 4ª Região a gravação e a cópia das notas taquigráficas da reunião realizada na tarde desta terça-feira (31/10), que tratou da denúncia de servidores da Companhia Carris Porto-Alegrense da prática de assédio moral coletivo por parte do comando da empresa. A solicitação do envio partiu do órgão, que já abriu expediente para também analisar a denúncia.
Denúncia de assédio moral coletivo na Companhia Carris Porto-Alegrense.
No encontro, presidido pelo vereador Cassiá Carpes (PP), os trabalhadores, representados por integrantes da Comissão de Funcionários da Carris (CFC) e da Associação dos Funcionários da Carris (Ascarris), reiteraram as acusações de que vêm recebendo ameaças contínuas de possíveis sanções. Segundo eles, isso tem como objetivo reprimir a organização e a defesa dos interesses da categoria por meio de uma política do medo frente a real ameaça de dispensa por justa causa. A empresa, por sua vez, nega as acusações.
0