Alexandre Frota tem disfunção erétil e coloca prótese peniana.

Em 2014, o ator Alexandre Frota travou uma batalha judicial com o Plano de Saúde Bradesco para conseguir um implante de uma prótese peniana. O caso ficou em segredo de justiça até o último 31 de outubro, quando se tornou público por uma decisão judicial. Frota sofre com grave disfunção erétil. Quando entrou com a ação, o ator e ativista da direita tinha 51 anos e, segundo relato no processo, foi ao consultório médico queixando-se de dor extrema na região peniana próxima ao escroto (região penescrotal).
Frota tem disfunção erétil e briga na Justiça contra plano de saúde (Foto: Reprodução)
Em consulta, relatou “dificuldades extremas em obter uma ereção peniana satisfatória, que permitisse ao mesmo a realização do ato sexual”. Frota foi diagnosticado pelo Dr. Carlos Augusto Cruz de Araújo Pinto como portador de disfunção erétil por “doença erétil venosa e doença peyronie”. De acordo com petição do advogado, “Frota foi submetido a tratamentos injetáveis com medicamentos que induzem a ereção e, mesmo assim, a resposta não foi suficiente e o paciente continuou sem obter ereção satisfatória”.
Imagem relacionada
0