Procon Porto Alegre suspende vendas de construtora.

O Procon Porto Alegre realizou nesta segunda-feira, 9, uma ação de fiscalização com o Procon RS, junto à construtora Martins, com sede em Viamão. A atividade ocorreu em decorrência de reclamações de mais de 20 clientes da construtora que protestaram nos órgãos de defesa do consumidor sobre compra de casas pré-moldadas que não foram entregues no prazo acordado ou foram apenas parcialmente entregues.
Na ocasião, o Procon Porto Alegre aplicou uma medida cautelar contra a Construtora Martins, suspendendo temporariamente os serviços de vendas de casas pré-moldadas oferecidos pela empresa. O Procon RS entregou à empresa uma notificação para que a construtora apresente, em dez dias, defesa sobre as reclamações de consumidores residentes fora da Capital. De acordo com a diretora executiva do Procon Porto Alegre, Sophia Martini Vial, a construtora Martins terá que apresentar por escrito o nome do responsável destinado a solucionar os casos dos consumidores. A empresa também terá que apresentar cópia de todos os contratos dos consumidores com a devida solução no prazo de dez dias junto ao Procon Porto Alegre.
0