Prefeitura Municipal de Porto Alegre.

Empresas de ônibus anunciam possibilidade de atrasar salário dos rodoviários /  As empresas privadas de ônibus podem atrasar o pagamento dos salários dos rodoviários nos próximos meses, incluindo o 13º. O anuncio foi feito nesta terça-feira pela Associação dos Transportadores de Passageiros de Porto Alegre (ATP), alegando déficit de mais de R$ 124 milhões. 
Empresas privadas de ônibus podem atrasar salários dos servidores | Foto: Joel Vargas / PMPA / CP
"Houve um grande esforço para retardar a chegada deste momento, porém é fato que até o final do ano, compromissos que até então estavam sendo honrados, serão afetados, o que inclui o pagamento dos funcionários”, declarou o diretor executivo da ATP Gustavo Simionovschi. Os funcionários ainda não foram informados sobre a possibilidade do parcelamento. O presidente do Sindicado dos Rodoviários de Porto Alegre, Adair da Silva, disse que a categoria ficou sabendo do anúncio através da imprensa, já que a ATP ainda não entrou em contato com os servidores. "O sindicato não vai concordar com essa atitude. Não se pode atrasar o salário. Ainda não nos chamaram para conversar, mas depois que nos informarem oficialmente da decisão, vamos ver o que juridicamente é cabível", ressaltou Silva. A ATP justifica ainda o parcelamento com a compra dos 296 ônibus novos em fevereiro de 2016. A renovação da frota está prevista na licitação firmada entre as empresas e a Prefeitura de Porto Alegre. "Além de arcar com os custos desse investimento, as empresas precisam manter diariamente itens básicos para a operação como, por exemplo, o combustível.", destacou o presidente da ATP. O número de passageiros caiu 10,9%
0