'Lula participará da eleição preso ou solto', diz Dilma na Finlândia.

Ex-presidente voltou a falar sobre impeachment sofrido e comparou processo ao tapetão no futebol /   Na última quarta-feira (27), a ex-presidente Dilma Rousseff embarcou para uma viagem de 12 dias para a Finlândia e a Rússia. Nesta sexta-feira (29), durante palestra na Universidade de Helsinque, na Finlândia, ela voltou a falar sobre o processo de impeachment. “Perder e ganhar eleição é algo da vida democrática. Mas não é algo da vida democrática dar golpe. Não é da vida 
Resultado de imagem para ex-presidente dilma
democrática tentar ganhar, como diz no futebol, no tapetão. Eu não sei se também usam aqui na Finlândia esse termo. Ganhar no tapetão não pode. E isso, politicamente, é impensável se você quer construir um regime de fato democrático", criticou a petista. Ao mencionar a expressão futibolística, Dilma arrancou risos da plateia. Tapetão é uma expressão muito usada para se referir a um time que perde em campo, durante o jogo, mas consegue reverter o resultado na Justiça. A ex-presidente também falou sobre o cenário para as próximas eleições, no ano que vem. Segundo ela, conforme a coluna Expresso, da Época, o companheiro de partido e também ex-presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, será candidato “vivo ou morto”.
0