Governo Gaúcho,colocará a venda 49% das ações ordinárias do Banrisul.

Sartori destacou que iniciativa manterá banco público e reverterá em benefícios para população
O governador José Ivo Sartori anunciou em coletiva realizada na manhã desta quarta-feira, no Palácio Piratini, que o governo do Estado do Rio Grande do Sul venderá todas as ações excedentes que tem sob o seu domínio do Banrisul, ou seja 49%. Desta forma, o Estado detém o controle acionário de 51%, o que garante a manutenção do Banrisul como banco público. Também serão vendidos os 7% das ações preferenciais (sem direito a voto) que ainda estão em poder da instituição. Sartori não revelou a expectativa de arrecadação e ainda pediu “ajuda da imprensa” para não especular quanto poderá entrar nos caixas do banco.
Sartori não revelou a expectativa de arrecadação | Foto: Karine Viana / Palácio Piratini / CP
“A notícia é boa para os servidores. Para toda a sociedade gaúcha. Todos sabem que o nosso governo escolheu uma direção profissional para o Banrisul para preservar a autonomia do banco. O Estado vai participar dessa disputa do mercado. Ao longo dos últimos anos, a performance do Banco vem melhorando mesmo com a crise. Hoje é reconhecido nacional e internacionalmente pelos resultados sólidos. Chegou a hora de dar um novo passo para a modernização do banco. Decidimos ampliar a abertura do Banrisul ao mercado”, declarou Sartori.
0