Ex-integrante diz que Pussycat Dolls era 'círculo de prostituição'.

Cantora Kaya Jones falou sobre abusos que sofreu na época da banda /  A cantora Kaya Jones, ex-integrante do Pussycat Dolls, falou sobre abusos e prostituição referentes ao período em que permaneceu na banda entre 2003 e 2005. O Pussycat Dolls acabou em 2010 após vender mais de 53 milhões de discos no mundo. "Minha verdade. Eu não estava em um grupo de garotas. Era um círculo 
Ex-integrante diz que Pussycat Dolls era 'círculo de prostituição'
de prostituição. Nós cantávamos e éramos famosas. Enquanto isso todo mundo nos usava e fazia dinheiro", disse. Kaya afirmou que isso a fez desistir de seus objetivos no meio artístico. "Era ruim o suficiente para eu abandonar os meus sonhos, minhas colegas de banda e meu contrato de 13 milhões. Nós sabíamos que chegaríamos ao primeiro lugar", desabafou. "Para ser parte do time você precisava jogar com o time, dormindo com quem quer que te obrigassem. Eram executivos, empresários, agentes e outros artistas do estúdios", disse a artista.
0