DM gremista não descarta Michel contra o Barcelona, em Guayaquil.


Médico Márcio Bolzoni espera liberar Luan para treinos em até 10 dias /    Com tantos jogadores lesionados, o departamento médico do Grêmio terá papel de protagonista nos próximos dias. A missão é colocar o máximo de jogadores possível em condições de atuar no primeiro confronto com o Barcelona, dia 25, em Guayaquil, pela semifinal da Libertadores. E dificilmente Renato Portaluppi poderá ter o time considerado ideal nos próximos jogos do Brasileiro, que também servirão como preparação para os duelos com os equatorianos.
DM acredita que Michel pode retornar ao Grêmio em Guayaquil | Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação / CP memória
O caso do volante Michel é o que causa maior preocupação no momento. O jogador precisou passar por uma artroscopia no joelho e deve reiniciar os trabalhos físicos dentro de 10 a 12 dias. O grande desafio do departamento médico e dos fisioterapeutas será colocá-lo à disposição de Renato antes do tempo estipulado para a recuperação completa, que é de 30 dias. Segundo o médico Márcio Bolzoni, a presença de Michel não pode ser descartada em Guayaquil.
0