Califórnia já se prepara para ataque da Coreia do Norte, diz relatório.

Trump e Kim Jong-un trocaram fortes ameaças e insultos nos últimos meses /    
Trump e Kim Jong-un trocaram fortes ameaças e insultos nos últimos meses
Em meio à crescente troca de ameaças e insultos entre o presidente dos EUA, Donald Trump, e o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, autoridades da Califórnia emitiram um relatório no qual pedem que a ameaça nuclear norte-coreana seja levada a sério e dizem que um ataque do tipo seria catastrófico para o Estado, de acordo com informações da revista Foreign Policy. De acordo com o relatório, "as consequências de um ataque nuclear no sul da Califórnia seriam catastróficas”, com perdas devastadoras e grandes danos à infraestrutura local. A catástrofe, no entanto, não se restringiria aos EUA, explica Ennio Peres da Silva, pesquisador colaborador do NIPE (Núcleo Interdisciplinar de Planejamento Energético) da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas). — Uma guerra nuclear é o fim do mundo, porque uma parte desse material radioativo vai subir para a estratosfera, pegar as correntes de vento e se espalhar por vastas regiões. O acidente de Chernobyl, por exemplo, contaminou vacas na Europa e foi medida nos EUA meses depois. Aquilo vai se espalhar por todo o mundo.
0