RS lidera Ranking da Competitividade em eficiência da máquina pública.

O Rio Grande do Sul é o estado brasileiro em primeiro lugar em eficiência da máquina pública, à frente de São Paulo (2º), Minas Gerais (3º), Espírito Santo (4º) e Distrito Federal (5º). Quem afirma é o Ranking da Competitividade dos Estados, promovido pelo Centro de Liderança Pública (CLP), com desenvolvimento técnico a cargo da Tendência Consultorias Integradas e da Economist Intelligence Unit, instituto ligado à publicação britânica The Economist.
PORTO ALEGRE, RS, BRASIL, 12.01.2016: Fachada do Palácio Piratini. Governo do Estado do Rio Grande do Sul. Foto: Leandro Osório/ Especial Palácio Piratini
Para elencar os pontos fortes e fracos de cada estado, são avaliados dez pilares temáticos, como potencial de mercado, infraestrutura, educação, capital humano, segurança pública e inovação, entre outros. Ao todo, são 66 indicadores contemplados. A média de cada pilar resulta na posição geral no ranking. No que diz respeito à eficiência da máquina pública, o estudo aponta seis indicadores: servidores comissionados (percentual de cargos comissionados no total de funções públicas), custo do Executivo/PIB, custo do Judiciário/PIB, custo do Legislativo/PIB, eficiência do Judiciário e índice de transparência.
0