Câmara Municipal de Vereadores de Porto Alegre,RS.

Projeto exclui disparidade salarial entre homens e mulheres    /  Está tramitando, na Câmara Municipal de Porto Alegre, o projeto de lei de autoria do vereador Marcelo Sgarbossa (PT) que obriga os vencedores de licitações realizadas por órgãos e entidades da administração pública municipal, direta ou indireta, a garantirem igualdade salarial entre os homens e as mulheres com mesmo cargo e tempo de serviço que compõem seu quadro de funcionários. O texto determina que conste, nos editais dessas licitações, uma cláusula dispondo sobre essa obrigatoriedade.
Vereador Marcelo Sgarbossa na tribuna
O vereador afirma que a proposta fundamenta-se em estudos confirmando que a disparidade salarial é ainda uma barreira ao progresso das mulheres no mercado de trabalho no Brasil. “Segundo dados apontados pelo Fórum Econômico Mundial, o Brasil levará, aproximadamente, cem anos para igualar salários entre homens e mulheres, ocupando, atualmente, a 129ª posição no ranking de igualdade de salários entre gêneros”, destaca Sgarbossa.
0