Governador do RS,Sartori recebe representantes da indústria química.

Discutir o aprimoramento de políticas públicas para garantir a competitividade da indústria brasileira foi a pauta da reunião do governador José Ivo Sartori, nesta terça-feira (26), no Palácio Piratini, com representantes da Associação Brasileira da Indústria Química (Abiquim) e do Sindicato das Indústrias Químicas do Rio Grande do Sul (Sindiquim-RS).
Deputada Any Ortiz
Um estudo feito pelas entidades analisou a logística e o mercado brasileiro e internacional, e da Região Sul do país. De acordo com os dados, nos Estados Unidos o modal ferroviário é uma das principais alternativas para o escoamento da produção em longas distâncias. No Brasil, o mais utilizado é o modal rodoviário, que representa um custo mais alto para as indústrias. O Rio Grande do Sul é responsável pela produção de 6% da indústria química brasileira. Sartori sugeriu a criação de um grupo de trabalho, coordenado pelo vice-governador José Paulo Cairoli, para fortalecer e modernizar o setor e colocou o governo à disposição do grupo. Quanto às demandas identificadas no estudo, o governador disse que a Secretaria responsável vai analisar o que diz respeito ao Estado e vai ajudar no for necessário com o governo federal.
0