“Globo mostra gravação de Temer, porque não mostra da Emilly?”, diz ex-BBB Marcos Harter.

Marcos Harter quebrou o silêncio após ser acusado de agressão contra Emilly Araújo. O cirurgião, cotado para integrar o elenco da nona temporada de “A Fazenda”, concedeu entrevista exclusiva ao “Programa do Porchat”, da Record, na noite desta terça-feira (2). “Eu já estava achando a Emilly um pouco estranha algumas horas antes. Quando voltou do confessionário, perguntou: ‘O que é considerado agressão física?’. Daí me chamaram dizendo que tinha configurado agressão e que seria expulso. Perguntei: ‘E a Emilly?’, disseram: ‘Ela concordou’. Ela sabia que eu seria expulso”.
Ex-BBB Marcos Harter detona Emilly e diz que já faturou mais de R$ 1 milhão em cirurgias
Marcos nega que tenha havido agressão física, mas confessa que passou do ponto. Ele ainda reclama que a emissora tinha que ter mostrado como aconteceu sua saída da atração. “Acho que foi correta (a expulsão), mas não da forma como aconteceu. Tem a fita. A Globo mostra a gravação do (Michel) Temer, porque não mostra a da Emilly?”, ironizou. Segundo o cirurgião plástico, Emily já sabia que ele seria expulso e “chorou seco”. Ele revela que não tentou mais contato com ela após o BBB. “Se a Emilly discordasse totalmente do que aconteceu, ela teria negado quando a chamaram para fazer um laudo médico, e na delegacia ela não teria dito que eu a agredi todos os dias de forma velada e intencional. Teve um momento que o dinheiro falou mais alto para ela”, afirmou. Marcos ainda contou que deixou o reality show machucado: “Quando saí do programa, tinha várias marcas de unha. […] Foi uma experiência boa, mas é traumatizante… Foi construtivo pra mim”.
0