Enfraquecimento do Carnaval de Salvador prejudica emissoras; entenda...

A realidade do Carnaval em Salvador – outrora um dos mais visados no país – não é mais a mesma. Desde 2016, por conta da crise, cantores de renome preferiram trocar o desfile com seus blocos na capital baiana por apresentações em camarotes no Sul e no Sudeste, onde os cachês são maiores. Segundo Flávio Ricco, a dupla sertaneja Simone e Simaria, por exemplo, dispensou o trio elétrico na folia deste ano – medida que Wesley Safadão já confirmou que imitará em 2018.
Imagem relacionada
Nomes consagrados do axé music, Ivete Sangalo e Cláudia Leitte não abandonaram de todo a comemoração, porém não fazem mais questão de desfilar em todos os dias da festa, como de praxe há uns poucos anos. A questão, inclusive, já é motivo de preocupação em emissoras que costumam realizar a cobertura ao vivo do Carnaval baiano, como SBT e Band. Com o crescente esvaziamento artístico do evento, sabe-se que haverá queda significativa na renda gerada por essa transmissão.
0