Em vantagem, Grêmio recebe Godoy Cruz para avançar na Libertadores.

Jogo de Libertadores contra time argentino sempre tem uma dose extra de catimba, provocação e lances ríspidos. A adrenalina sobe e os ânimos ficam acirrados. O Grêmio tem a vantagem e sabe que todos esses ingredientes vão compor o cenário da noite desta quarta-feira, a partir das 19h15min, na Arena. Com o 1 a 0 conquistado na Argentina sobre o Godoy Cruz, basta um empate para avançar às quartas de final na competição que é o principal objetivo do clube em 2017. Nos anos recentes, o sonho do tricampeonato da América tem terminado justamente nas oitavas de final. São quatro eliminações seguidas nesta fase da competição: 2011 (Universidad Católica), 2013 (Santa Fe), 2014 (San Lorenzo) e 2016 (Rosario Central). É preciso voltar ao ano de 2009 para lembrar da última vez em que o Tricolor avançou. Naquela oportunidade, o time foi à semifinal.
Resultado de imagem para treino do gremio 2017 para libertadores
“Tivemos algumas decepções ao longo desses anos em se tratando de Libertadores. Mas quando esses tabus são quebrados, o grupo vai encorpando”, disse o goleiro Marcelo Grohe. O time está definido para a decisão de hoje, e sem surpresas. O único titular ausente é Edílson, que será substituído por Leo Moura. Experiente, o lateral diz que é preciso ter cuidado e não achar que a vantagem é grande. “Eu não gosto de falar em vantagem, um gol não é garantia de nada. Tem que entrar em campo como se estivesse 0 a 0. Nossa vantagem é mínima. Vamos enfrentar uma equipe que não desiste, utiliza muito o jogo aéreo, temos que ter foco e atenção”, afirmou Leo Moura.
0