Decidir fora de casa não é preocupação para Grêmio.

Jogar fora de casa não tem sido um problema para o Grêmio. Muito pelo contrário. O time tem feito seus melhores jogos longe da Arena e contra adversários de tradição. Fluminense, Flamengo, São Paulo e Cruzeiro são alguns exemplos de jogos nos quais o Tricolor fez partidas exemplares. Por isso, o fato de decidir uma vaga na final da Copa do Brasil como visitante não assusta o time de Renato Portaluppi.
Decidir fora de casa não é preocupação para Grêmio | Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação / CP
Nessa segunda-feira, a CBF sorteou os mandos de campo das semifinais da competição. Atual campeão, o Grêmio vai jogar a primeira partida diante do Cruzeiro na Arena, dia 13 de agosto. O jogo de volta, em Belo Horizonte, será no dia 26. No ano passado, as duas equipes já fizeram uma das semifinais. Na ocasião, o Tricolor decidiu em casa e avançou à final. “Não temos que nos preocupar com a ordem dos mandos. É concentrar para fazer um grande jogo em casa e depois decidir fora. Temos de nos portar da mesma maneira nas duas partidas”, avaliou Pedro Rocha. Essa tem sido uma característica marcante da equipe em 2017: jogar da mesma forma em casa e fora.
0