Tiririca é condenado a pagar indenização por usar canção de Roberto Carlos em campanha.


Três anos depois, o deputado federal Tiririca (PR-SP) foi condenado pelo Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) a pagar uma indenização pelo uso da música “O Portão”, de Roberto Carlos e Erasmo Carlos, em sua propaganda eleitoral. Na campanha, o comediante alterava os versos da canção. Em vez de “Eu voltei, agora pra ficar… Porque aqui, aqui é o meu lugar”, Tiririca cantava “Eu votei, de novo vou votar… Tiririca, Brasília é seu lugar”. O TJ-SP concordou com os argumentos da EMI Songs, dona dos direitos autorais da obra e autora da ação. Os desembargadores consideraram que a propaganda não usava a canção para fins humorísticos ou culturais, mas para, exclusivamente, angariar votos.
Tiririca é condenado a pagar indenização por usar canção de Roberto Carlos em campanha
“(A composição) teve sua letra e melodia amplamente conhecidas alteradas, distorcidas, com o nítido propósito de angariar vantagem ao então candidato em sua propaganda eleitoral”, afirma o texto assinado pelos desembargadores. A defesa do deputado disse que o então candidato e seu partido não precisariam pedir autorização prévia para a EMI Songs ou pagar pelo uso do material.“É uma paródia. O fato de ser uma propaganda eleitoral não muda isso. O importante é que não foi utilizada a letra da música”, alega.
0