RS adere ao Pacto Nacional para fortalecer assistência técnica e extensão rural.

Ampliar a abrangência e a qualidade da assistência técnica para agricultores familiares é o intuito do Pacto Nacional pelo Fortalecimento da Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater), firmado nesta quarta-feira (26) entre o governo do Estado e a União. O instrumento viabiliza o repasse de recursos federais para a execução de projetos, por meio da Emater, conveniada da Secretaria do Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo (SDR). O termo de adesão foi assinado pelo governador José Ivo Sartori e agora passa para a sanção da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead), do governo federal.
NOVO TEXTO
As ações firmadas no Pacto, que serão executadas pela Emater, vão contribuir para o aumento da capacidade produtiva, a inserção social de agricultores familiares em situação de extrema pobreza e para a melhoria da qualidade de vida e trabalho dessa população. O investimento total é de R$ 6.752.293,44, dos quais R$ 4.672.500,51 serão aportados pela Sead, via Agência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (Anater), e 2.079.793,93 serão a contrapartida da Emater. Os recursos devem ser disponibilizados em agosto.
0