Presidente da Federação Espanhola de Futebol é preso por malversação.

O presidente da Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF), Ángel María Villar, foi detido nesta terça-feira para ser interrogado sobre suspeitas de administração desleal, apropriação indébita e falsidade documental em sua gestão - informou uma fonte judicial.
Justiça tenta esclarecer suspeitas de partidas realizadas no exterior em benefício próprio | Foto: Javier Soriano / AFP / CP
Outras pessoas foram detidas na operação. Entre elas, outro dirigente da federação, assim como Gorka, filho de Villar, o qual preside a RFEF há 29 anos. A Justiça tenta esclarecer suspeitas de partidas realizadas no exterior em benefício próprio, acrescentou a mesma fonte consultada pela AFP.
0