Faustão faz desabafo e se atrapalha em domingo à flor da pele.

Fausto Silva teve um domingo e tanto. Na edição de ontem (23) do “Domingão do Faustão”, o apresentador recebeu Ícaro Silva e, ao desabafar, acabou se exaltando. “A gente pensa em pobreza no Brasil, a gente pensa em miséria, a gente fala de gente pobre, mas a gente não visualiza, a gente não entende o que é isso. A gente não entende o que são famílias que literalmente moram em áreas de risco”, comentou o ator ao relembrar a infância. “Muitas das favelas não são urbanizadas, não têm saneamento, não tem estrutura alguma”, disse o global. “A gente às vezes vê uma glamorizarão da favela, a gente às vezes coloca a favela em um lugar bonito, e é lindo…”, continuou.
Faustão faz desabafo e se atrapalha em domingo à flor da pele
O desabafo de Faustão aconteceu quando Ícaro revelou que tinha cinco anos quando sua casa desabou. Três anos depois, sua mãe levou um tiro enquanto dormia. “Você tem razão, começa a hipocrisia. ‘Vamos chamar de comunidade’. Comunidade e favela é tudo a mesma mercadoria, tem é que mudar a realidade. Aí muda o nome”, começou o apresentador. “Eu estou falando porque fui repórter geral e cansei de entrar em favela, eu sei como é a realidade. Aqui no Brasil no Brasil é ‘vamos chamar de comunidade’. Comunidade e favela é tudo a mesma porcaria, tem que mudar essas pessoas, a grande maioria é de gente honesta”, comentou Silva.
0