Ecobarreira evita chegada de 250 toneladas de resíduos no Guaíba,em Porto Alegre,RS.

A Ecobarreira, implementada no Arroio Dilúvio, atingiu a marca de 250 toneladas de resíduos recolhidos, os quais foram impedidos de contaminar o Guaíba, tais como garrafas PET, plásticos diversos, isopores, pedaços de madeira e até mesmo animais mortos. Diariamente, a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (SMSurb), por meio das equipes do Departamento Municipal de Limpeza Urbana (DMLU), faz o recolhimento dos resíduos içados pela gaiola da Ecobarreira e os encaminha para o aterro sanitário de Minas do Leão. 
O DMLU, além de ser responsável pelo recolhimento dos materiais, também realiza a capina e varrição nos seis jardins implantados na avenida Ipiranga que cercam o Arroio. A limpeza ajuda a preservar os locais na tentativa de coibir o descarte irregular que gera contaminação e que, conforme o novo Código Municipal de Limpeza Urbana, é considerado infração gravíssima, sujeito à multa de R$ 5.623,48.
0