Após 25 anos, Carolina Ferraz é dispensada pela Globo.



A Globo não deve renovar o contrato de Carolina Ferraz, com 25 anos de casa. Segundo informações do jornalista Daniel Castro, a atriz – longe da TV desde “Haja Coração” (2016), onde viveu Penélope – será dispensada após o término de seu compromisso com a casa, em agosto. A emissora vem privilegiando contratos por obra, o que tem aumentado o fluxo de atores entre outros canais, produtoras independentes e projetos para TV paga e aplicativos on-demand. Egressa da Manchete, Carolina estreou na Globo como apresentadora do “Fantástico”, em 1992. No ano seguinte, migrou para a teledramaturgia, com “O Mapa da Mina”. Grávida, desfalcou o elenco de “Pátria Minha” (1994); após a gestação, esteve em dois trabalhos de Manoel Carlos, “História de Amor” (1995) e “Por Amor” (1997), que lhe garantiu a protagonista (duramente criticada) do remake de “Pecado Capital” (1998).
Resultado de imagem para atriz Carolina Ferraz
Na década seguinte, se destacou como Rubi de “Kubanacan” (2003), Rebeca Cavalcanti de “Belíssima” (2005) e Norma Gusmão, a dona do bordão “eu sou rica!”, em “Beleza Pura” (2008). Esteve ainda em “Avenida Brasil” (2012) como Alexia, uma das mulheres de Cadinho, personagem de Alexandre Borges – com quem também contracenou em sua última novela como contratada por prazo longo, a trama das 19h escrita por Daniel Ortiz. Com a não-renovação, Carolina Ferraz entra para a lista de atores com passagem recente pela emissora e que estão agora no mercado. A Record já recrutou alguns para “Apocalipse”, sua próxima novela bíblica: Emílio Orciollo Neto, de “Sol Nascente” (encerrada em março); Joana Fomm, de “Malhação – Pro Dia Nascer Feliz” (finalizada em maio); Leona Cavalli, de “Totalmente Demais” (no ar até maio de 2016); e Selma Egrei, de “Velho Chico” (concluída em setembro do ano passado).
0