Treinador do Grêmio / Renato garante ter o “grupo na mão”.

Renato Portaluppi costuma dar entrevista coletiva no dia que antecede uma partida. Mas nessa terça-feira ele quebrou o protocolo. Encerrado o treino no CT Luiz Carvalho, foi o treinador quem apareceu para conversar com a imprensa. Na primeira turbulência enfrentada pelo Grêmio na temporada, resultado da eliminação no Campeonato Gaúcho para o Novo Hamburgo, o comandante tratou de amenizar as críticas ao time e em determinado momento usou um tom mais forte para rebater notícias que ele classificou como “mentirosas”.
Imagem relacionada
“O grupo de jogadores está 100% na minha mão. O dia que eu achar que não tenho o grupo na mão, pego a minha mala e vou embora”, disse Renato. “Muita gente faz tempestade em copo da água. Se nós tivéssemos passado pelo Novo Hamburgo, estaria tudo bem. Estamos tristes por não ter ido à final do Gauchão, mas o grupo está jogando bem, eu estou muito satisfeito pelo que o time vem jogando. Eu sei quais são os erros, mas não vou expor. Sou pago para corrigir. Vocês (jornalistas) não entendem de futebol? Então vocês devem saber onde estão os erros”, disparou.
0