Grêmio tem clima de desconfiança antes da Libertadores.

Descuido, desatenção, sono, moleza. O técnico Renato Portaluppi e os jogadores do Grêmio têm encontrado dificuldades para justificar com mais profundidade a eliminação nas semifinais do Gauchão e outros erros que a equipe vem cometendo nas partidas recentes. Desde que levou dois gols do Deportes Iquique após estar vencendo por 3 a 0 na Libertadores, a desconfiança paira no ambiente gremista. A queda no Campeonato Gaúcho para o Novo Hamburgo gerou uma frustração que precisará ser administrada no vestiário. Afinal, nesta quinta-feira, já tem jogo importante pela competição sul-americana.
Preto prega por pés no chão na decisão contra Inter | Foto: Ricardo Giusti
“Não tem terra arrasada. Tudo isso que vem acontecendo gera uma desconfiança. O Gauchão era um objetivo que a gente tinha e mais uma vez não vamos à final. Pedimos desculpas ao torcedor. Mas não podemos abaixar a cabeça, temos competições importantes pela frente”, disse o capitão Maicon.
0