Stones, McCartney e Dylan juntos: um acerto de contas com o Woodstock.

Que o Woodstock de 1969 foi um dos momentos mais importantes da história do rock todo mundo concorda. Mas este marco da música tem agora um forte concorrente: Desert Trip, o festival onde estarão juntos Rolling Stones, Bob Dylan, Paul McCartney, Neil Young, Roger Waters e The Who. E ninguém mais. Sim, os organizadores conseguiram reunir em pleno 2016, em um mesmo espaço e durante dois finais de semana (de 7 a 9 e de 14 a 16 de outubro), os artistas que ajudaram criar o rock and roll. Algo que nem o Woodstock fez.
Rolling Stones, Bob Dylan, Paul McCartney, Neil Young, Roger Waters e The Who
No festival de 1969, em Nova York, Neil Young tocou com seu Crosby, Stills, Nash & Young, e o The Who fez uma performance completa do álbum "Tommy", lançado naquele ano. Apesar de outros ícones da época estarem presentes (Janis Joplin, The Band e Jimi Hendrix, por exemplo), o Woodstock não conseguiu levar os Beatles (que já estavam em crise e se separaram no ano seguinte), Bob Dylan (que desistiu após o filho ficar doente e estava irritado com os hippies), os Rolling Stones (por incompatibilidade de agenda) e o Pink Floyd (que estava em turnê pela Europa).
0