Rede Fox News pagará US$ 20 milhões por assédio sexual de ex-diretor.


rede de TV americana Fox News terá que pagar uma indenização de US$ 20 milhões (cerca de R$ 65 milhões) à ex-apresentadora do canal Gretchen Carlson. A decisão foi tomada depois que Carlson processou o ex-diretor-geral da rede Roger Ailes, 76, por assédio sexual. "Lamentamos e pedimos desculpas pelo fato de Gretchen não ter sido tratada com o respeito e dignidade que ela e todos os nossos colegas merecem", disse a empresa dona da Fox em um comunicado. Ailes renunciou ao cargo em julho, duas Gretchen Carlson e Roger Ailes – Charles Sykes/Invision/Associated Press e Richard Drew/Associated Press
semanas depois de ele ter sido denunciado por Carlson, que se queixou de ter sido demitida por rejeitar as propostas sexuais do diretor. Um mês após deixar à presidência da Fox News, Ailes passou a aconselhar o candidato republicano à Presidência, Donald Trump, 70, de quem é amigo. Sua função seria ajudá-lo a se preparar para debates. Com apoio financeiro de Rupert Murdoch, Ailes fundou em 1996 a Fox News, de perfil conservador e campeã de audiência entre canais de notícias nos EUA. Ailes já assessorou os ex-presidentes Richard Nixon, Ronald Reagan e George Bush pai.
0