Festival de Cinema de Gramado, RS 2016.

Resultado de imagem para festivaldegramado.
Doze anos atrás, Marco Dutra fazia sua estreia na competição de Gramado com o curta-metragem “O Lençol Branco”, trabalho de conclusão de curso dirigido em parceria com Juliana Rojas. Hoje, de volta à Serra Gaúcha para competir com o longa “O Silêncio do Céu”, ele brinca que tudo o que aconteceu nesse meio tempo – as direções de “Trabalhar Cansa” e “Quando Eu Era Vivo”, entre outros projetos que colaborou – lhe trouxe uma importante descoberta: “Sempre aprendo muito com novos trabalhos e cada vez mais percebo que não sei nada”.
“É muito especial ver o nascimento desse filme”, diz Marco Dutra sobre a estreia de “O Silêncio do Céu” em Gramado
Sobre “O Silêncio do Céu”, estrelado pelo argentino Leonardo Sbaraglia e pela brasileira Carolina Dieckmann, o paulista avalia que esse é um filme, entre outras abordagens, sobre a desconstrução do afeto. “É uma história trágica porque é sobre o fim do amor, essa doença que eles atravessam ao longo do filme que está misturada com a inviabilidade da vingança. Sempre soubemos que esse é um filme de muitas camadas e assuntos, e nunca tivemos medo de enfrentar todas elas”, conta Dutra.
0