Obama admite que falta de planos para Líbia foi pior erro de sua Presidência.

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, afirmou que o pior erro de sua Presidência foi fracassar no planejamento após a queda de Muammar Kadafi, na Líbia. Respondendo a perguntas em uma entrevista à Fox News, o mandatário americano, no entanto, defendeu a intervenção no país, dizendo que foi “a coisa certa a ser feita”. Não é a primeira vez que o presidente Obama expressa pesar sobre a Líbia. No mês passado, ele disse à revista “Atlantic” que a operação ocorreu como ele esperava, mas que a Líbia agora era “uma bagunça”.
Depois da morte do ex-ditador líbio, o país mergulhou em um caos com milícias no poder e dois parlamentos rivais. O Estado Islâmico avançou pelo território, que se tornou ainda um importante ponto de partida para imigrantes que tentam chegar à Europa.Sobre assuntos internos, o presidente disse à Fox que sua maior realização no cargo foi “salvar a economia da Grande Depressão”. Seu melhor dia, segundo ele, foi o da aprovação das reformas na saúde. E o pior foi o momento de responder ao tiroteio em massa na escola de Sandy Hook.
0