Cristina Kirchner se recusa a responder questões ao juiz.

A ex-presidente da ArgentinaCristina Kirchner se recusou a responder as perguntas do juiz e apresentou sua defesa por escrito nesta quarta-feira (13) no tribunal federal, segundo o jornal argentino Clarín. Ela é acusada de fazer operações cambiais do Banco Central fraudulentas nos últimos meses de seu mandato.
Ex-presidente argentina Cristina Kirchner foi a tribunal federal nesta quarta-feira (11) (Foto: Agustin Marcarian/ Reuters)
Ela também é acusada de ter feito uma manobra financeira para receber 5 milhões de euros, de acordo com o jornal El País. Na mesma ação, também são citados Axel Kicillof e Alejandro Vanoli, que é ex-titular do Banco Central, ainda de acordo com o Clarín. Os seus ex-funcionários já tinham utilizado a mesma estratégia diante do juiz Claudio Bonadío. Durante o seu governo, Cristina tentou destituir várias vezes acusando-o de imparcialidade ante o Conselho da Magistratura.
0