Obama: ‘dependência em droga é problema de saúde pública, não criminal’.

Os Estados Unidos vivem um momento único na política sobre drogas, com a descriminalização do uso da maconha em diversos estados do país e uma mudança no discurso de alguns em relação às práticas repressivas. Nesta terça-feira, em conferência realizada em Atlanta, na Geórgia, o presidente americano, Barack Obama, deixou clara a sua posição sobre o tema.
— Por muito tempo nós vimos a dependência em drogas pelas lentes da Justiça criminal — disse Obama. — A coisa mais importante a se fazer é reduzir a demanda. E a única forma de fazermos isso é fornecendo tratamento, enxergar como um problema de saúde pública, não apenas criminal. A conferência fez parte de um encontro nacional sobre o abuso de heroína, que está sendo realizado esta semana. Em seu discurso, Obama afirmou esperar que a sua participação no painel chame atenção do público para a necessidade de se mudar a abordagem em relação às drogas. O presidente também anunciou o investimento de US$ 116 milhões da administração em programas de tratamento para dependentes.
0