O governador do RS, José Ivo Sartori vai novamente a Brasília tratar da dívida com a União

O governador José Ivo Sartori viaja novamente a Brasília, nesta terça-feira (8), em companhia do secretário da Fazenda, Giovani Feltes, para tratar da renegociação da dívida com a União. A reunião foi marcada pelo Ministério da Fazenda, para as 16h, e terá a participação também dos governadores de Santa Catarina, São Paulo, Minas Gerais e do Rio de Janeiro. Será coordenada pelo secretário do Tesouro Nacional, Otávio Ladeira, e pelo secretário executivo do Ministério da Fazenda, Dyogo Oliveira.
O valor da dívida contratado pelo Rio Grande do Sul em 1998 foi de R$ 9,427 bilhões. De lá até 2015, o Estado pagou R$ 24,3 bilhões e ainda deve R$ 51,8 bilhões. Ou seja, o débito cresce cada vez mais. Hoje, a correção é feita pelo IGP-DI. O governo gaúcho defende que este indexador seja substituído pelo IPCA, porque isso daria alívio financeiro ao Estado. Enquanto o IGP-DI aumentou 216,34% entre 1999 e 2011, o IPCA subiu 133,42%.
0