Grêmio pode contratar até três reforços no próximo mês.

O Grêmio não empolga. O time de 2016 nem de perto lembra o de 2015. O gol no finalzinho em Buenos Aires evitou a derrota e a situação catastrófica na Libertadores, mas não apagou a má atuação contra o San Lorenzo. Não se enche uma mão para contar as boas apresentações no ano. Alguns jogadores caíram muito de rendimento e outros reforços ainda não emplacaram. Para dar novas opções a Roger, a direção irá ao mercado, principalmente se confirmada a vaga na segunda fase. Até três reforços podem desembarcar no próximo mês, e um lateral-direito é prioridade absoluta. Um xerifão está em segundo na relação.
Grêmio pode contratar até três reforços no próximo mês  | Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação / CP
O Tricolor tem pouco mais de um mês para contratar. A janela de transferências internacionais fecha em 20 de abril. Ou seja, a busca por novos nomes terá que ser encaminhada antes da definição do Grupo 6 da Libertadores, cuja última rodada é um dia antes. Não será possível esperar pela classificação para concretizar alguma negociação. A assinatura do novo contrato de transmissão do Campeonato Brasileiro, renovado de 2019 a 20124, também não significa dinheiro para reforços. Os R$ 100 milhões que entrarão no caixa servem para pagar contas, empréstimos e amortizar juros bancários. Não será utilizado para agregar qualidade ao grupo.
0