Governador Gaúcho, diz que renegociação da dívida proposta pela União não resolve.

Em coletiva de imprensa nesta segunda-feira (28), o governador do Estado do RS, divulgou detalhes do projeto remetido pelo Ministério da Fazenda à Câmara dos Deputados sobre a renegociação da dívida dos estados com a União. As propostas são alongar o prazo de pagamento da dívida em 20 anos e Renegociação da Dívida do RS
conceder uma carência de 40% no valor das parcelas nos primeiros dois anos. Segundo o governador José Ivo Sartori, "não atendem às necessidades do Rio Grande do Sul e não representam uma solução, nem mesmo parcial, ao problema do ajuste das contas públicas". O texto também prevê, como proposta adicional, o alongamento por mais 10 anos para o pagamento das dívidas com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).
0