Em último Estado da União, Obama vai definir metas e promover legado.

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, vai apresentar nesta terça-feira a agenda para seu ano derradeiro no cargo e além, durante seu último discurso sobre o Estado da União, que será focado em angariar apoio para o tratado de comércio entre países do oceano Pacífico, as leis de controle de armas e o fechamento da prisão de Guantánamo.
Barack Obama anuncia medidas para diminuir mortes por armas de fogo (Foto: Reprodução/Youtube/White House)
Marcado para a meia-noite (horário de Brasília), o discurso em uma sessão conjunta do Congresso vai ser uma das últimas oportunidades de Obama ter voltada para si a atenção de milhões de norte-americanos antes de ser eclipsado pelos candidatos a sucedê-lo. O mundo político vai se voltar inteiramente para o discurso. Ele deve se ater a temas sobre seu legado e manter-se afastado de novas propostas legislativas, uma vez que estas estão sendo apresentadas diretamente pelos candidatos democratas em campanha presidencial.
0