Em discurso no capitólio, Barack Obama diz que deixa um país melhor do que recebeu.

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, defendeu que os partidos "busquem formas de trabalhar juntos" em prol do que ele disse serem interesses suprapartidários do povo americano. A afirmação foi feita no último discurso do Estado da União do seu mandato. O pronunciamento é uma obrigação anual dos presidentes definida na constituição americana e dirigido ao Congresso do país Michael Reynolds/EFEEste é o último discurso do Estado da União do presidente americano, Barack Obama. Trata-se de uma espécie de prestação de contas que o presidente americano faz todos os anos a senadores, deputados, militares e membros da Suprema Corte.
0