Barack Obama deve vetar lei que dificultaria entrada de sírios no EUA.

O Câmara dos Deputados dos Estados Unidos aprovou nesta quinta (19) um projeto de lei que dificulta a entrada de refugiados sírios no país. O projeto, que foi aprovado por 289 votos -inclusive de parlamentares democratas- contra 127, prevê que, para cada refugiado sírio e iraquiano aceito pelo país, o presidente do FBI, o secretário de Segurança Doméstica e o diretor de Inteligência Nacional garantam que a segurança do país não ficará ameaçada. Para a Casa Branca, a exigência é impraticável. O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, prometeu vetar o projeto de lei preparado pelos republicanos / Foto: State Department Public Domain
Agora, o projeto irá para o Senado, que deverá votá-lo depois do recesso do feriado do Dia de Ação de Graças. Não há previsão de como os senadores responderão à proposta. A Casa Branca já se pronunciou mais de uma vez dizendo que vetará o projeto de lei, caso ele seja aprovado pelo Legislativo. No entanto, se isso ocorrer, os parlamentares deverão aumentar sua resistência contra as propostas do presidente Barack Obama sobre a intervenção americana na Síria contra a facção terrorista Estado Islâmico.
0