Inter não pensa em liberar D'Alessandro.

Prestes a completar 35 anos e mesmo após encerrar aquela que foi a pior das suas temporadas em Porto Alegre, D’Alessandro ainda é considerado peça fundamental na engrenagem do futebol do Inter. A sua importância, inclusive, transcende as linhas do gramado. Ele é a principal liderança do vestiário, referência técnica do time e interlocutor entre os dirigentes e o grupo de jogadores. Por isso, mesmo 
que os clubes argentinos insistam em tê-lo na próxima edição da Libertadores, é improvável que o Inter aceite liberá-lo. “O D’Ale é o nosso principal jogador e será fundamental para mantermos a hegemonia no futebol gaúcho e para buscarmos um título nacional, projeto que ele próprio deseja muito realizar”, enfatiza o vice de futebol colorado Carlos Pellegrini.
0