Refugiados iranianos costuram suas bocas em protesto.


Refugiados iranianos costuram suas bocas em protesto pela longa espera para atravessar a fronteira greco-macedônia, perto de Gevgelija (Macedônia). Segundo a ONU (Organização das Nações Unidas), Sérvia e Macedônia, que se encontram na rota principal para o norte da Europa, começaram a restringir a entrada de refugiados para apenas aqueles provenientes de determinados países.      Robert Atanasovski/AFP
0