Justiça afasta Jardel da Assembleia Legislativa por suspeita de desvio de verbas.


O deputado estadual Mário Jardel (PSD) foi suspenso do mandato na Assembleia Legislativa (AL) do Rio Grande do Sul nesta segunda-feira. O parlamentar foi alvo de uma operação do Ministério Público que investiga suspeita de corrupção. De acordo com o promotor Flávio Duarte, um mandado foi cumprido na casa do parlamentar em Porto Alegre. O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado também cumpriu mandados de busca e apreensão no gabinete do deputado.
Justiça afasta Jardel da Assembleia Legislativa por suspeita de desvio de verbas Reprodução/
As investigações do MP indicaram a existência de uma estrutura criminosa instalada na Assembleia, em que Jardel seria o principal beneficiário. Um advogado seria o mentor de uma série de fraudes e falsidades contra a Administração Pública, além de lavagem de dinheiro, com envolvimento de outros servidores, responsáveis por arrecadar valores exigidos dos demais funcionários do gabinete e orquestrar desvio de verbas publicitárias.   
0