Governo se adianta para minimizar danos antes que lama chegue a Colatina (ES).

A presidenta Dilma Rousseff afirmou nesta quinta-feira (12) que o governo federal vai adiantar todas as medidas possíveis para prevenir danos à cidade de Colatina, no Espírito Santo, causados pela grande onda de lama que vem descendo o Rio Doce e já afetou Governador Valadares (MG), além de vários municípios e pequenas comunidades. A previsão é de que a enxurrada de dejetos minerais atinja Colatina na próxima semana.
12112015-_IGV9657-Editar
Dilma esteve na cidade capixaba nesta quinta-feira (12), para uma reunião de trabalho sobre o problema ambiental. Em entrevista coletiva, a presidenta avaliou que a principal providência é garantir a captação de água para o abastecimento da população da cidade, que é feita normalmente por meio do Rio Doce.
0